domingo, julho 26, 2009

Vídeo: Guiné-Bissau | Video: Guinea-Bissau

video

E cá está! Conforme prometido há tanto tempo atrás (aqui e aqui), o vídeo do Maio está pronto.

Tenho muito que agradecer à Patrícia Pedrosa que fez a montagem. Sem ela este vídeo não tinha sido publicado.

Recordo a lista dos audazes que optaram por acreditar que é possível tentar mudar alguma coisa no mundo a que pertencemos:

01 - Mário Linhares
02 - Lavínia Leal
03 - Maria Cabral
04 - Cristiana Ribeiro
05 - Luís Giestas
06 - Paula Xavier
07 - Patrícia Pedrosa
08 - Mafalda Cavalheiro
09 - Marisa Marcelino
10 - Joana Nascimento
11 - Marta Teives
12 - Martha Xavier

Não posso deixar de destacar a Cristiana e a Marisa, pois são as únicas que se inscreveram nisto não me conhecendo pessoalmente. Não resisto a uma citação bíblica: "felizes os que acreditam sem terem visto".


Boas férias para todos e, agora sim, até breve!
Abraços

quarta-feira, julho 22, 2009

Fotografia: Guiné-Bissau | Photography: Guinea-Bissau


O que têm em comum a Guiné-Bissau e Timor-Leste? Em definitivo, o arroz!

Parto na próxima terça-feira para Timor para lá ficar durante 6 semanas. Uma das vacinas mais importantes que se deve tomar está esgotada em Portugal... será que não estamos mesmo no 3º mundo?

Levo em mente alguns projectos interessantes para fazer lá, mas confesso que vou tentar descansar...
Duas coisas vou fazer muito: desenhar e fotografar. Se conseguir vou publicando a partir de lá, se não, a partir de Setembro as novidades aparecerão por aqui...

... até breve!

segunda-feira, julho 13, 2009

Fotografia: Guiné-Bissau | Photography: Guinea-Bissau


Após tantos dias de ausência (viagem a Frankfurt e exames nas Belas-Artes), retomo a publicação...

Gosto tanto desta imagem que ando, desde o início, a tentar escolher o momento certo de a publicar. Já por várias vezes estive para a mostrar, mas acho que nunca encontrei as palavras certas que a acompanhassem...

... sinto-me como ela... agarrado a um fio e a tentar manter-me de pé... salvar o que resta.
Esta fase final de ano está a custar-me mais do que imaginei e já aconteceu o que não queria: tenho de fazer uma cadeira em Setembro...

O fio onde estendemos a roupa é, para mim, um sinónimo incrível de igualdade. Nele penduramos aquela t-shirt que tanto gostamos, as calças que vestimos para a ocasião especial e outras tantas peças de roupa... tudo sem distinção... lá estão estendidas também as t-shirt's velhas e os panos do pó, as cuecas e as meias que raramente mostramos a alguém... tudo no mesmo fio...

... é ou não um grande sinónimo de igualdade?

____________________________________________________________________

After so many days being away (due to the trip to Frankfurt and my final examinations at the Faculty of Fine Arts), I resume my publications…

I like this picture so much that I’ve been trying to find the right moment to publish it since the beginning. Many times have I almost showed it, but I think I never found the right words to go with it…

… I feel like that… holding to a string, trying to stand… to save what’s left. This final phase of the school year is harder on me than I had pictured it to be and what I didn’t want to happen has already happened: I have to do a subject in September…

The wire where we hang our clothes is, for me, an incredible synonym for equality. It is where we hang that t-shirt we like so much, the trousers we put on for a special occasion and so many other clothing items… everything with no distinction… it is also where we hang our old t-shirts and the dust cloths, the panties and the socks we rarely show to someone… all on the same wire…

… isn’t it a great synonym for equality?


quarta-feira, julho 01, 2009

Fotografia: Guiné-Bissau | Photography: Guinea-Bissau


É com muita pena que constato que o grupo vencedor do DEL8 não vai viajar para a Guiné. A instabilidade política falou mais alto e tornou-se demasiado arriscado viajar para lá neste momento de eleições...
A alternativa é Moçambique. Ainda não está garantido que o grupo vá, mas a oportunidade de passarem 15 dias com uma realidade completamente diferente da nossa parece-me a melhor alternativa possível.

O dinheiro que os Amnistisiados recolheram para a Safi será enviado através das Irmãs missionárias (essa é uma garantia que lá chega). A propósito, aproveito para dizer que já recebemos o dinheiro e que o total até este momento é 454,38 euros. É uma excelente ajuda!

Em relação à fotografia, queria apenas dizer o seguinte:

A pisar um lodo onde os nossos pés se enterram, ficamos focados ou desfocados em relação ao que nos rodeia? Vemos apenas um palmo à frente da testa, ou esforçamo-nos para ver mais longe, ainda que esse ver mais longe implique não perceber tudo... ver desfocado?

____________________________________________________________________

It is with great pity that I verify that the DEL8 winning group won’t be travelling to Guinea. The political instability spoke louder and it has become too dangerous to travel there right now as the elections take place…

The alternative is Mozambique. It is not certain yet that the group will go there, but the opportunity of spending 15 days with a reality which is completely different from ours seems to me to be the best possible alternative.

The money that the “amnesties” have collected for Safi will be sent through the missionary Sisters (so it is granted it will get there). By the way, I take the opportunity to tell you that we have already received the money and that the total up until now is: 454,38€. It is a great help!

About the picture, I just want to say this:

Stepping on a mud where our feet get buried, do we stay focused or unfocused relative to what surrounds us? Do we only see what’s right in front of us or do we try harder to see farther, even if it means not understanding everything… to see everything in an unfocused way?