quarta-feira, abril 13, 2011

Diário Gráfico: Portugal

É já esta sexta-feira, dia 15 de Abril que um grupo de 15 pessoas vai estar retirado em Vila Viçosa para desenhar até domingo, dia 17 sob o tema: O Espiritual no Desenho. Ainda haviam 5 vagas, mas as inscrições já fecharam.
Ficaremos no seminário de S. José, mesmo em frente ao Paço Ducal, onde está esta escultura equestre de D. João IV, tão apetecível como difícil de desenhar. Este desenho demorou-me 25 minutos a fazer. Podia ter continuado, é certo, mas estava calor e apetecia-me ir desenhar outra coisa. Desde que ouvi a resposta do Eduardo Salavisa à pergunta "como é que escolhe o que desenha?", que fiquei mais descontraído em abandonar os desenhos quando começo a ficar cansado. É que às vezes custa ficar em pé, ao sol, à chuva, ao frio, no chão. Desenhar implica perseverança e fidelidade e isso nem sempre é fácil. Por isso é que "desenho o que me apetece", enquanto me apetece...

Por isso é que estou tão entusiasmado em passar 3 dias a desenhar. As escolhas e decisões serão sempre à volta do desenho, sem mais nada para ocupar a mente.
Retirarmo-nos do nosso quotidiano e entrar num mundo à parte por 3 dias é sempre algo especial... é sempre um exercício espiritual...
E não é isso que acontece no nosso dia-a-dia? Saímos de nossa casa rumo ao mundo do trabalho, dos estudos, ou de outra qualquer realidade. De um mundo para o outro e não tenho a certeza de qual tem mais valor. Se o local de partida, se o de chegada, ou o percurso entre os dois. O acaso e as possibilidades acontecem em todo o lado. Basta estarmos atentos! E termos o diário gráfico para os registar...

4 comentários:

Henrique Vogado disse...

Muitas vezes as condições não são as melhores ou o tempo não é suficiente, mas saboreia-se o momento. Um pouco como uma viagem, o destino não é o mais importante.
Bom retiro para vocês.
Um abraço,
Henrique Vogado

catarina poeiras disse...

Mário, as laranjeiras estão em flor e Vila Viçosa está carregada delas. Desenha-me uma! com perfume! :) vá, be kind. bj, catucha

AG disse...

desejo muita tranquilidade e muito risco.

(:

josé louro disse...

Este é um dos desenhos da minha vida (estou a imitar o Bénard da Costa que tinha um livro que se chamava "os filmes da minha vida")