terça-feira, janeiro 29, 2013

O caderno como oficina de excelência


Para quem não conseguiu ir à Gulbenkian no dia 20 de janeiro, aqui fica a gravação que esteve a passar online no site da Gulbenkian. 

Não é a mesma coisa que ao vivo, mas é melhor que nada!

5 comentários:

Tiago Cruz disse...

Fantástico Mário. Muito bom! É raro ouvir falar sobre a natureza privada e mais exploratório do diário gráfico… e faz muita falta! Obrigado pela partilha.

Abraço!

Mário Linhares disse...

Obrigado Tiago.

Este projecto foi incrível. Até eu estou a experimentar coisas diferentes no meu caderno...

Grande abraço!

Filipe Almeida disse...

Foi fantástico Mário. Espero que hajam mais iniciativas semelhantes no futuro. A aula também em serviu a mim e alterou um pouquinho a forma de olhar para o meu caderno.

Unknown disse...

Obrigado pela partilha e parabéns extensíveis a todos os intervenientes.

Pedro Alfarroba disse...

Excelente projecto. Parabéns.