terça-feira, dezembro 22, 2015

Timor, finalmente!


Após três semanas fora de Portugal, a viagem chega finalmente a Timor.
Esta senhora estava a construir os famosos tecidos timorenses chamados de Tais. Isto era algo que há muito tempo queria ver e desenhar. 
A oficina dela era uma parte da cozinha! É incrível como os espaços se reduzem e aumentam conforme a necessidade...

Tem de haver alguma ligação entre o que vi neste dia e o facto da Ketta fazer os cadernos em casa. É que, às tantas, já não sabemos se temos um atelier em casa ou se a nossa casa é no atelier...

Deve ser do sangue timorense! :)

3 comentários:

Miguel Antunes disse...

Que mimo!

Tudo está óptimo, mas as cores do tecido estão mesmo giras. Parece a lombada dos Laloran

Que belo desenho!

Um abraço!

L.Frasco disse...

Página incrível!!
(e, fora dela, gostei da tua dúvida entre casa e atelier...)

Henrique Vogado disse...

Belo desenho e texto. O atelier que faz parte da casa e que comunga do dia-a-dia com toda a família. Gosto muito da ideia. E as ideias quando surgem nada como ter um atelier mesmo ao pé.
Um bom Natal para ti e para os teus. Família, o valor mais importante.