segunda-feira, fevereiro 23, 2009

Fotografia: Guiné-Bissau | Photography: Guinea-Bissau


Este balde azul leva dentro uma dose de farinha especial para crianças subnutridas misturada com açúcar. Numa garrafa à parte vai ainda um litro de óleo alimentar. Tudo isto deve durar 15 dias para que a criança subnutrida em questão tenha que comer nesse tempo, mas a realidade é bem diferente. Na cultura guineense é impensável uns membros da família terem de comer e outros não, pelo que todos vão comendo da mesma papa...

Podemos pensar o que quisermos, mas uma coisa é certa: eu não tenho coragem de criticar a atitude de uma mãe que dá de comer a todos os filhos mesmo sabendo que a comida irá acabar mais cedo...

O Programa Alimentar Mundial recomenda que se dê uma dose suficiente para um mês, o que só demonstra como essas regras são feitas na secretária de alguém que está muito longe da realidade dessas pessoas.

O ideal para a Ir.ª Franca seria ter uma estrutura que permitisse internar os casos mais graves para lhes poder dar de comer todos os dias até recuperarem...
Por enquanto ela vai entregando a farinha para 15 dias...

Este timing é muito difícil de encontrar: se fosse de 7 em 7 dias as pessoas que vivem mais longe deixariam de ir. Se for mensalmente a comida acaba rapidamente e a criança subnutrida passa cada vez pior...

Não é fácil gerir uma situação destas...

____________________________________________________________________




This blue bucket carries in it an amount of special flour mixed with sugar for undernourished children. A bottle aside contains a liter of food oil. All of this should last about 15 days so that an undernourished child has something to eat during that period of time, but the reality is in fact different. In the Guinean culture, it is unthinkable that some members of the family have what to eat and others don’t, so everyone eats the meal.

It doesn’t matter what we think. However one thing’s for sure: I haven’t got the courage to criticize a mother who chooses to feed all of her children knowing the food will end sooner…

The World Food Programme recommends that a monthly dosage should be given, which shows just how these rules are made in somebody’s desk, far away from this reality.

The ideal for Sister Franca would be to have an arrangement that would allow the most severe situations to be interned so that the children could be fed every day until they recovered…

But for now, she delivers the 15-day dosage…

This is a very difficult timing to settle: if it was on a weekly basis, the people who live farther away would cease to come. On the other hand, if it was on a monthly basis, the food wouldn’t last and the undernourished children would get worse…

It isn’t easy to manage such a situation…

4 comentários:

cristiana disse...

Que foto amorosa!
A expressão do mais novo e o carinho com que o mais velho olha pr ele =D

Sao irmaos?

Mário Linhares disse...

Sim, são irmãos, mas só os vi neste dia. Foram buscar a farinha para a mãe e o irmão subnutrido. Era em baldes daqueles que se colocava a quantidade suficiente para 15 dias.

A dose incluía ainda um quilo de açúcar e um litro de óleo.

cristiana disse...

Desculpe, mas só mais uma curisosidade?!
Quem é que fornecia esse "abastecimento"?

Mário Linhares disse...

Acho que é a primeira vez aqui no blog que os comentários estão a antecipar o texto que vai acompanhar a fotografia!

Mas não há problema! Enquanto o texto aguarda a versão inglesa, os comentários vão aparecendo, o que até é saudável!

Então:
Para as crianças subnutridas o apoio vem do Programa Alimentar Mundial (PAM), que fornece a farinha em sacos de 50 quilos.

Para as crianças subnutridas graves (percentil de relação peso/idade abaixo dos 60%), o apoio vem da CARITAS Internacional, que fornece a farinha especial em doses pequenas.

Todos os alimentos são distribuídos no Centro de Recuperação Nutricional que é gerido pelas Irmãs Missionárias da Consolata. Existe uma série de formulários e registos das crianças que devem ser preenchidos e cumpridos para que as Irmãs continuem a receber esses dois apoios.