sexta-feira, novembro 21, 2008

Fotografia: Guiné-Bissau | Photography: Guinea-Bissau


"Venham rápido ver as crianças a subir à palmeira" - dizia a Ir.ª Franca a mim e à Patrícia que estávamos no Centro Nutricional.

Estava uma palmeira com um "cacho" de bagos de óleo de palma pronto a ser colhido. Uma criança de 10 ou 11 anos começou a subir. Colocou uma fita (feita das folhas da palmeira) à volta da cintura e passou-a por detrás da palmeira. Aos poucos lá ia subindo... numa das mãos levava uma catana para conseguir cortar o cacho...
... chegado lá acima esforçou-se ao máximo para cortar as folhas à volta e assim chegar ao cacho. Esgotadas as forças após alguns golpes infrutíferos, decidiu descer...

Pensei para mim: "gostava de o ver a arrancar o cacho... que pena"

Passados uns minutos chegou o irmão mais velho. Talvez tivesse 17 ou 18 anos. Subiu de forma mais ágil e, com mais habilidade, conseguiu separar o cacho da palmeira! Pegou nele e atirou-o cá para baixo! Mal caiu, as crianças começaram a tirar pequenos bagos e a colocá-los na boca. Uma delas virou-se para mim e ofereceu-me um...
... não resisti à tentação de provar um bago de óleo de palma acabadinho de colher da palmeira. Não fazia a mínima ideia do gosto que ia provar, se tinha caroço ou não, se ia gostar...

Sem pensar muito coloquei o bago na boca. A minha primeira sensação foi:
"que caroço tão grande"!
Na realidade a parte que se aproveita deve ter uns 2 ou 3 milímetros de espessura.

Os meus dedos ficaram vermelhos só de pegar no bago...
O sabor não é mau, mas é muito oleoso...
A parte comestível é muito fibrosa... fica nos dentes...

As crianças riram-se mais uma vez de mim, mas fiquei orgulhoso por ter comido do mesmo cacho que eles...


2 comentários:

Patrícia disse...

Fotografias e música da Guiné-Bissau, no Público, a propósito das eleições

http://static.publico.clix.pt/docs/mundo/guinebissau2008/

Mário disse...

A música é linda!

Vou tentar colocar o vídeo aqui no blog.

Obrigado Patrícia!