sexta-feira, maio 20, 2016

A caminho de Veneza

É com desenhos de Veneza feitos em 2014 que me preparo para viajar novamente para a Sereníssima!


A 20 de abril de 2014, guiado pelo mote "se achas um tesouro, deixa-te encontrar", fui dar a um dos locais que mais queria desenhar: o campo (praça) onde se encontra a escultura de Bartolomeo Colleoni, feita por Andrea Verrocchio
Tinha estudado nas Belas-Artes a influência que esta escultura teve no nosso grande Machado de Castro quando preparou a de tributo ao D. José I, que está no Terreiro do Paço.
Não sabia onde ficava (normalmente não me preparo como um turista para visitar locais obrigatórios), mas andava atento à procura...
Assim que entrei na praça, percebi logo que algo mágico tinha acontecido: encontrei-a!




O que me leva a Veneza é, talvez, um dos desafios maiores que tive até hoje: desenhar as vidas que habitam a arquitectura social do Siza Vieira em Veneza. Não só isso, como todo o ambiente do Campo di Marte. 
O convite veio do diretor geral das Artes. Levei o meu caderno de 2014 com estes três desenhos que mostram a casa dos Baccichetti e eis que se fez um "clique"!!
Com a possibilidade de convidar mais um português e dois italianos, telefonei ao José Louro (para mim, um dos tops a desenhar em Portugal) e ele alinhou na aventura. De seguida enviei mails para a Simonetta e para a Benedetta. Tutto a posto!

Apanhamos hoje o avião para Veneza.
Domingo vamos dar um workshop gratuito de diários gráficos para os habitantes do bairro em cadernos da Emílio Braga e lápis de cor da Viarco
Nós os quatro desenharemos em cadernos Laloran de formato quadrado em dimensão especial.

Facebook do evento aqui.
Vai começar uma grande aventura!

5 comentários:

Miguel Antunes disse...

Ehpah que desenhos!!!

Grande desafio que terão (com o José Louro).

Num jantar estive à conversa com a Cãndida Pinto da SIC e disse-lhe que interessante era eles vos entrevistarem, no meio de tanta coisa importante.

Pode ser que vocês apareçam na SIC :D

Grande abraço Mário!

Henrique Vogado disse...

Equipa fabulosa em desenhadores e materiais de desenho.
Uma bela selecção portuguesa do desenho.
Que comece a aventura!

teresa ruivo disse...

Lindíssimo, o desenho da Praça. E que inesperado, um desenho teu (igualmente belo)de um interior. É impressão minha ou não costumas desenhá-los?

Mário Linhares disse...

Já voltámos!
Foi muito intenso, cansativo, envolvente...
Veneza é um local à parte. Não há nada que se lhe compare...

Miguel Antunes disse...

Brutal pah! tens de publicar todos os desenhos que fizeste, e puxares o Zé Louro a fazer tb isso :D

Vi-vos na SIC (Já sabia de antemão que a Cândida Pinto ia convosco e até tentei uma cunha para ser feito um especial com os Urbansketchers :D

Grande pinta do Zé, com uma camisa servindo de chapéu :D

P.S. espero ir um dia a Veneza! parece mágico!

Grande abraço mário!